Responsabilidade sobre o conteúdo das matérias Nossos Poetas


Autoritária inspiração

João Gilnei Souza de Borba

Inspiração, que maldita
Invades meu coração
Tomas de assalto minha mão
E logo sai escrevendo
No papel vai discorrendo
Aquilo que a alma manda
Aquilo que o peito pede
Diante de ti, nada impede
Nada se esconde ou escamoteia
O teu amor pelas veias
Não deixa que o coração minta
Apenas permite que sinta
Para a mão escrever,
O que podes antever
E muitas vezes “pós-ver”
Pois és fato emocional
Nada tens de virtual
Fazes andar a consciência
Fazes crescer a experiência
Visto que a dor ensina
Como passar por esquinas
Que o sentimento nos impõe.
Voltar Mais Nossos Poetas...


Editora do site: Vital Comunicações - WhatsApp e Fone OI (51) 98406-0092 e-Mail: juarez@owicki.com.br