Responsabilidade sobre o conteúdo das matérias Nossos Poetas


Espraio-me

Samuel da Costa

Um deserto...
Espraia-se
Subtrai-se...
E se alarga...
Floresce oh divino amor
Ao ruído das máquinas
Da frieza do aço
Na beleza do vidro
A perfeição dos teus traços...
Como em um auto-retrato
Sintético & estático
Estático & abstrato...
Como se fosse um semblante
De aço
Ou perfil de plástico
Amores sintéticos
Nos novos tempos
Descartável
Passageiro
Que vai
Que passa
E não volta
Que beija e abraça
Em breves lampejos
De amores fugazes
Em breves momentos
De novos tempos...
Tempos modernos
Do ciberespaço
Voltar Mais Nossos Poetas...


Editora do site: Vital Comunicações - WhatsApp e Fone OI (51) 98406-0092 e-Mail: juarez@owicki.com.br